Crónicas do autor:

Pedir o impossível

A apresentação da proposta de Orçamento de Estado para 2015 reflete a contradição transversal à classe política e à sociedade em geral. Queremos um nível alto de despesa pública para que o Estado cumpra bem o seu papel na vertente social e na ...

“Mon ami” Draghi

Há poucos dias atrás, Mário Soares lamentava publicamente o colapso do Grupo Espírito Santo, recordando o empenho pessoal que teve ao trazer novamente para Portugal o grupo financeiro que tinha sido expulso do nosso país, após as nacionalizações em ...

Um ajuste direto

A venda da companhia de seguros Tranquilidade ao fundo norte-americano Apollo mediante uma contrapartida líquida de 44 milhões de euros terá sido o último ato de gestão da equipa de Vitor Bento que se demitiu da administração do Novo Banco.
NOTA DE FECHO

Os bons, os maus e os feios

Ao contrário do que inicialmente o Banco de Portugal e o Governo diziam, a intervenção no BES é pesada e acarreta custos consideráveis para os acionistas, credores, clientes, fornecedores e colaboradores do banco.

Um programa inacabado

 No livro “Testemunho de um banqueiro”, publicado algum tempo antes do colapso do Banco Privado Português, João Rendeiro transcreve, com alguma dose de ingenuidade, o comentário feito por um profissional estrangeiro da banca, quando ...

Alojamento local e economia informal

O Governo acaba de anunciar o início do combate ao alojamento turístico declarado. Mas, tal como vem sendo habitual, fê-lo de forma errada, na lógica da repressão pura e dura, e sem a necessária prevenção e pedagogia, prometendo a deteção dos ...

Empresa na hora e por um euro

Todas as comparações internacionais revelam um facto inquestionável. Portugal está nos primeiros lugares entre os países onde é mais rápido criar uma empresa. O gráfico à esquerda preparado pelo prof. Jorge Vasconcellos e Sá é confirmado pelo ...
NOTA DE FECHO

O que falta fazer

Com a conclusão do Programa de Ajustamento e o regresso aos mercados sem necessidade de apoio cautelar, Portugal conclui de forma positiva o período de ajuda externa. A recuperação de credibilidade perante o exterior tem vantagens evidentes. As ...
Nota de Fecho

O milagre das exportações

O Programa de Ajustamento acordado com a “troika” foi considerado como demasiado otimista em várias vertentes. No entanto, na correção do défice externo os resultados obtidos estão muito acima dos objetivos. Nos últimos anos, Portugal ...

Páginas