Crónicas do autor:

Nota de fecho

Um ano depois

Faz agora um ano que o Banco Espírito Santo chegou ao fim. A decisão foi anunciada por Carlos Costa culminando um processo que tivera início no final de 2103 com o diferendo entre os acionistas da família Espírito Santo, e a sucessão de notícias ...

Um acordo inevitável mas frágil

Após quase seis meses de diálogo de surdos e da recusa reiterada do Governo grego em adotar medidas de racionalização de custos que melhorem a sustentabilidade das finanças públicas, o acordo foi rápido, permitindo criar as bases para um terceiro ...

Crime, dizem eles

O Supremo Tribunal de Justiça acaba de ser chamado a pronunciar-se sobre a divergência de opinião que dividia uma parte dos juízes dos tribunais superiores.
Nota de fecho

Um sistema de subsistemas

Diz a Constituição Portuguesa que deve existir no nosso país um Serviço Nacional de Saúde de caráter universal e tendencialmente gratuito. O modelo seguido e mantido pela Constituição é um sistema público, de cuidados de saúde prestados pelo Estado ...

Um Horizonte mais favorável

O balanço do primeiro ano de atividade do Programa Horizonte 2020 é claramente positivo para Portugal. Aquele que é o maior programa mundial de apoio à inovação e investigação, dando continuidade ao 7.º Programa-Quadro, tem uma dotação global ...
Nota de fecho

Teste PME

A medida passou relativamente despercebida, mas pode representar uma mudança importante. O Conselho de Ministros da semana passada adotou o “Teste PME”, estabelecendo o princípio de uma avaliação prévia dos novos diplomas legais em ...

Casa dos Segredos fiscais

Para cumprir a promessa de uma política diferente, o ministro grego das Finanças anunciou uma medida inovadora no combate à evasão e fraude fiscal. Os consumidores passam a utilizar os gravadores e câmaras vídeo que já estão integrados os seus telemó ...
Nota de fecho

A cobaia grega

O novo Governo acenou com o pagamento integral da dívida, desde que está fosse indexada ao crescimento, mas manteve se em ideias vagas. Se uma empresa endividada propusesse aos seus principais credores, os bancos e o setor publico, o pagamento da dív ...
Editorial

Dono, culpado e vítima

O historiador José Hermano Saraiva comentava, há alguns anos atrás, num dos seus programas televisivos que existiam dois quadros famosos sobre a retirada do exército de Napoleão da Rússia: um quadro da autoria de um pintor francês com a imagem de um ...

O regresso ao consenso

O ano que agora termina não deverá deixar saudades. Começou por gerar alguma expetativa de sinal positivo com o fim do programa de ajustamento e o regresso de Portugal aos mercados, mas resvalou para uma maré negativa, com uma sucessão de ...

Páginas