Kafka no Ministério da Agricultura (2);

Kafka no Ministério da Agricultura (2)
Se bem se lembram os meus leitores, na passada 6ª-feira publiquei aqui, neste jornal, o primeiro artigo sobre um processo de candidatura de uma empresa de fruticultura a apoios comunitários – chamo-lhe no meu blog (josemartino@blogspot.pt) “Diário de uma candidatura”.
 
O processo arrancou em 16 de março de 2020. O último artigo terminava com a documentação remetida a 4 bancos.
A Caixa de Crédito Agrícola Mútuo (CCAM) respondeu no dia 2 de abril, com um pedido de desculpas pela resposta tardia, devido às últimas semanas terem sido intensas e com muita informação para processar pelas operações Covid-19. 
“De facto, o Crédito Agrícola é um dos bancos protocolados na Linha FEI referida. Contudo, atendendo a esta situação de pandemia em que entrámos, ainda não estão desenvolvidos todos os suportes internos para a comercialização da linha. Assim que haja novidades, que espero aconteçam em breve, entraremos em contacto.”, escrevia o banco no email.
Em resposta, a empresa dá nota da preocupação pela linha ainda não estar desenvolvida pelo Crédito Agrícola porque o seu funcionamento regular é muito importante porque veicula os principais apoios públicos ao investimento pelo PDR 2020, neste ano de 2020, jovens agricultores e investimentos nas explorações agrícolas, assentam nela, conforme se pode verificar pelo plano de abertura de candidaturas PDR2020 para o presente ano.
A CGD enviou alguma documentação e pediu verbalmente pormenores sobre o Plano de Negócios, tendo este banco dado todos os esclarecimentos necessários para a empresa poder avançar na elaboração do Plano de Negócio.
Até esta data, o BPI e o Santander ainda não deram notícias. Nos “mentideros” do Ministério da Agricultura circula a versão que há acordo entre os 4 bancos para avançarem todos ao mesmo tempo com a operacionalização dos apoios desta linha de crédito (mesmo que nesta altura alguns dos bancos estejam à frente dos outros na tramitação da linha de crédito, esperam que na hora de avançar esteja a funcionar em cada um dos 4 bancos, ou seja, este processo irá levar largos meses a contratar o apoio à 1.ª candidatura). (a continuar).
José Martino, 16/07/2020
Partilhar
Comentários 0

Notícias Relacionadas